O QUE É CUIDADO PALIATIVO?

Para responder a esta pergunta, recorremos literalmente aos esclarecimentos prestados pela Casa do Cuidar (www.casadocuidar.org.br/cuidados-paliativos/), que organizamos da seguinte forma:

 

  • Cuidado paliativo é um tratamento multiprofissional, uma abordagem de cuidados que visa à melhoria da qualidade de vida de pessoas com doenças graves. Inclui uma série de medidas específicas, um conjunto de dimensões a serem precisamente avaliadas e um conjunto de ações a serem implementadas, por vezes bastante complexas.

 

  • Todos os pacientes com doenças graves podem se beneficiar, estejam ou não lidando com o fim de suas vidas, isto é, o cuidado paliativo pode ser oferecido no curso do tratamento curativo de uma doença potencialmente curável, e auxiliar o paciente e sua família a terem seus sofrimentos administrados e cuidados por uma equipe multiprofissional, mesmo que o desfecho dessa história seja a cura.

 

  • Assim, cuidado paliativo não é uma possível última alternativa para a vida de alguém, e não significa morte certa. Também não significa retirar tratamentos médicos, nem negar às pessoas o melhor que a medicina e as demais ciências da saúde podem lhe oferecer, mas ajudar a pensar em tratamentos hierarquizados e proporcionais entre os benefícios a serem buscados e os malefícios a serem evitados, em cada fase da doença.

 

  • Cuidado Paliativo não deve ser entendido como algo para as pessoas ricas, mas um direito humano como outro qualquer, já que todos devem ter acesso a alívio para os sofrimentos (por vezes muito intensos) gerados por graves condições de saúde. Cuidado Paliativo significa busca por uma vida digna e de melhor qualidade, mesmo diante do fim da vida. Cuidado Paliativo é um exercício de cidadania.